Anna Karenina

Posted on terça-feira, 23 de abril de 2013 by Chá das Quatro in , , ,
Hey chálovers o/

"Todas as famílias felizes são iguais. As infelizes o são cada uma à sua maneira".



Demorei um pouquinho pra assistir um dos filmes mais esperados por mim, pro ano de 2013, mas assim que o fiz, vim aqui contar o que vi.
A mais recente adaptação do romance do escritor russo Liev Tolstói, autor de guerra e paz. A trama gira em torno da personagem que dá nome a obra, que por sua vez possui nobreza, família e beleza e, mesmo assim, se sente vazia e acaba por submeter-se ao adultério.

Não posso comparar com as outras 5 ou mais adaptações ao cinema, por que não assisti nenhuma ,rs. Mas posso comparar a atuação de Keira Knightley com a de outros filmes de época que assisti dela, tipo o grande orgulho e preconceito, onde seu par romântico é Matthew Macfadyen, que, por ironia do destino, se torna seu irmão em Anna Karenina; os 3 Piratas do Caribe e, em todos estes, Keira interpreta personagens de época, Jane, Elizabeth e Anna, as três são mulheres de gênio forte e traduzem perfeitamente a elegância dos figurinos de época. A diferença que notei nesse último foi a falta de naturalidade da atriz em relação aos primeiros, o que acredito ter sido proposital já que o filme se passa numa espécie de ópera, em um teatro. 

Jude Law, sempre incrível, coadjuvante, fica na sombra apenas fazendo o bom trabalho que sabe fazer. Quase não reconheci o ator de Kick-ass, o sedutor Conde Vronsky interpretado por Aaron Taylor-Johnson.

O filme impressiona no figurino belíssimo e, aah, as danças.. 

Bem dramático e com um final perturbador, Anna Kanerina se resume em elegância e desejo (:

Bárbara Medeiros, uma das 4.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Chá das Quatro Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos